• Avenida Pedro Almeida, 145 - Teresina - PI, 64052-280
  • (86) 3233-9506 | 3232-3534 | 3133-6060 | 8858-3872
  • comjornalismo@icsrita.org.br
Em Notícias

Saiba mais sobre a vida e trabalhos do fotógrafo Valdyr Fortes

Fotografias de Genu Moraes pelas lentes de Valdyr Fortes serão expostas na sede do Música para Todos

Fotografias de Genu Moraes pelas lentes de Valdyr Fortes serão expostas na sede do Música para Todos

Valdyr Fortes, filho de Jayme Fortes Castelo Branco e de Emir de Carvalho Fortes, nasceu em José de Freitas, em 8 de novembro de 1916. Casou-se com Cecy Sousa Fortes, com quem teve os filhos Carlos Augusto, Jayme, Antônio Maria, Zélia, Fernando Augusto e Heráclito Fortes.

Iniciou-se na arte fotográfica incentivado por Augusto Medeiros, pai de José Medeiros, que se tornaria um dos maiores fotógrafos do país. Era seu amigo também Guilherme Müller, outro que se destacaria na arte de fotografar. A primeira máquina usada por Guilherme Müller no Piauí foi adquirida de Valdyr Fortes, que tinha por ele enorme admiração.

Na posse de Rocha Furtado, governador eleito pela UDN, Valdyr Fortes era o arrendatário do Clube dos Diários. E, apesar de ser do PSD, foi de uma gentileza muito grande, não deixando nos faltar nada. Ele mesmo comandou todos os preparativos. E ainda fez várias fotos do evento.

Valdyr Fortes era muito perfeccionista. Fazia cópia de uma foto várias vezes até se convencer de que aquela era a ideal. Por conta disso, causou aborrecimento a várias pessoas que recorreram a ele para serem fotografadas. É notório um caso que aconteceu, por volta de 1950 com um casal que o contratou para que ele registrasse o seu casamento. Reveladas as fotos, a noiva sempre aparecia com olhos fechados ou bastante arregalados. Apesar dos protestos, Valdyr Fortes destruiu todos os negativos, ficando o casal sem nenhuma imagem do enlace matrimonial.

Naquele tempo, trabalhar com água barrenta, sem tratamento, não era fácil, mas o Valdyr Fortes tinha um método todo dele de filtrar a água para deixá-la no ponto de ser usada em seu laboratório. O Valdyr Fortes era o meu fotógrafo preferido, por ser bem paciente comigo. Estas fotos, em número de 36, que hoje fazem parte dessa exposição, mostram muito bem o seu lado profissional.

Um dia, me fotografando na Fazenda Bananeiras ele parou tudo e saiu correndo para dentro do mato. Ali passou horas. Quando retornou, disse que tinha visto uma palmeira com cinco copas, o que é raro, e que não podia perder a oportunidade de fotografá-la. Revelada, ficou linda. Mandou para o amigo José Medeiros, que já morava no Rio de Janeiro, e conseguiu publicá-la na revista que a Kodak editava. José Medeiros, que à época trabalhava na revista O Cruzeiro, muito lutou para que ele fosse para o Rio de Janeiro, trabalhar na publicação, uma das mais lidas na época. Mas, destacando sempre o seu amor pelo Piauí, todas às vezes recusava os convites.

Valdyr Fortes foi vereador em Teresina. Coletor de Impostos. Foi fotógrafo oficial do Estado durante vários governos. Valdyr Fortes faleceu em Teresina, em 23 de maio de 1978.

Genu Moraes – jornalista e escritora

Evento de lançamento acontece nesta terça-feira

A exposição ‘Genu Moraes por Valdyr Fortes’ será aberta hoje (26), às 19h, na sede do Projeto Música para Todos. As fotografias ficarão expostas ao público até o dia 30 de agosto. A entrada é gratuita.

A exposição foi idealizada pela Fundação Nacional do Humor e conta com o apoio do Instituto Cultural Santa Rita, através do Projeto Música para Todos