• Avenida Pedro Almeida, 145 - Teresina - PI, 64052-280
  • (86) 3233-9506 | 3232-3534 | 3133-6060 | 8858-3872
  • comjornalismo@icsrita.org.br
Em Notícias

Rubervam du Nascimento concede entrevista ao Música Para Todos na TV

Na tarde de ontem (13) o Projeto Música Para Todos recebeu o poeta e escritor Rubervam du Nascimento que veio conhecer a escola e conceder entrevista ao Música Para Todos na TV. O poeta é um dos autores que estarão na festa de 14 anos do Projeto lançando livros no Hall da Biblioteca Orlânia Freire no próximo dia 22 de maio.
Rubervam é autor do livro “Às vezes, Criança – Um quase retrato de uma infância roubada”, escrito em parceira com o fotografo Sérgio Carvalho. Ambos são auditores fiscais do Ministério do Trabalho e estará no Projeto fazendo o lançamento e leitura poética do livro.

Segundo Rubervam a publicação apresenta um retrato sobre a dura realidade em que vivem milhares de crianças no Brasil, que tiveram a infância roubada, obrigadas a trabalhar precocemente em busca da sobrevivência. “O livro une poesias minhas e fotografias do Sérgio Carvalho, que além de auditor é fotografo profissional e já tinha a intenção de publicá-las em livro. Temos como proposta mostrar a dura realidade do trabalho escravo infantil, por meio dos poemas e das fotografias”, declarou o poeta.
O poeta considera a poesia como algo indispensável e a base para as demais artes. “Os poetas trabalham com a imagem, a partir disto eu crio minha imagem poética, creio que a poesia é a base de todas as artes, sendo impossível viver sem poesia, pois ela é o fundamento de todas as outras coisas”, pontuo ele.

Para ele a poesia precisa ser mágica, caso contrário fica “dura” e não transparece. Sua formação poética veio da inquietude, de sua observação do ambiente, da coisa que acontecem ao seu redor. Os livros que o influencia são “Os Lusíadas” – Camões e “Guesa Errante” – Sousândrade, isto por que os livros causaram nele “susto” diante de tudo que já havia lido. “Tudo que eu escrevo hoje tem a ver com estes dois sustos que levei quando tinha 14 anos”, finalizou ele.