• Avenida Pedro Almeida, 145 - Teresina - PI, 64052-280
  • (86) 3233-9506 | 3232-3534 | 3133-6060 | 8858-3872
  • comjornalismo@icsrita.org.br
Em Notícias

Projeto Música Para Todos lança desafio para seus estudantes de violão.


 Música, comunidade e desafios. São com essas intenções que o  Projeto Música Para Todos realiza no próximo dia 29 de outubro, o  seu primeiro concurso de violão. Contando com mais de 600 praticantes do instrumento, o Projeto pretende aferir a qualidade do aprendizado destes alunos, avaliando sua técnica e disciplina na execução do instrumento. E ninguém melhor que a comunidade para avaliar os benefícios positivos do aprendizado da música

Popular e fácil de carregar, o violão é o campeão da preferência de milhões de jovens em todo o mundo. Popularizado pelo Samba, bossa nova e pelo choro, e figura principal das rodinhas de música, o instrumento é o que mais conta com alunos matriculados no Projeto Música Para Todos, onde jovens e adultos podem ver seu desejo de aprender um instrumento musical realizado, e de forma totalmente gratuita.  “O Violão é o nosso carro chefe. Dos nossos 3.000 alunos que são atendidos por mês, 600 deles optaram por aprender violão, destaca Lincoln Sá, coordenador administrativo do Projeto Música Para Todos.

Kécia Coutinho, responsável pela realização do evento, observa que é necessário mobilizar os alunos, para que eles aprendam como se comportar diante do público e também dar sua contrapartida a sociedade “O ensino aqui é gratuito, então é uma forma que nós encontramos de compartilhar com a sociedade esses resultados de forma que os alunos também sejam beneficiados”.

Segundo o instrutor Damião Bezerra, que toca violão desde os 11 anos, e que já foi aluno e parceiro do professor Erisvaldo Borges, um dos principais ícones do violão no Piauí, sendo hoje, aluno do Mestre Evaldo Sérvio, da UFPI, observa que aprender violão torna a pessoa mais autoconfiante e segura, pois aproxima pessoas, cria amizades e torna aquela pessoa uma referência positiva, “Violão é expressividade. As pessoas começam porque acham bonito, e depois de um tempo é eles que se encantam pelo instrumento. É muito recomendado para pessoas de todas as idades, pois eles encontram uma maneira de crescimento. Para muitos, profissionais ou não, o violão é um companheiro para a vida inteira”.

Damião Bezerra observa que o interessado em aprender violão pode escolher ainda entre as modalidades: popular e clássico, “No violão popular, ele aprende a executar músicas como MPB, samba e baião através do estudo da cifra. Já no erudito, é privilegiado o ensino por partitura, isso torna o aluno capaz de executar além das composições populares, músicas clássicas, e ritmos de difícil execução como o flamenco e o choro”. Segundo o instrutor, normalmente o aluno ingressa no violão popular e depois avança para o clássico “Esse concurso é imperdível para as pessoas que se interessam pelo violão, pois é uma oportunidade para eles conhecerem um pouco mais dos dois estilos, e certamente vão se encantar com a beleza que é tocar violão”.