• Avenida Pedro Almeida, 145 - Teresina - PI, 64052-280
  • (86) 3233-9506 | 3232-3534 | 3133-6060 | 8858-3872
  • comjornalismo@icsrita.org.br
Em Notícias

Projeto Música Para Todos defende maior participação das instituições piauienses em seletivas nacionais de grandes empre

 

Com a esperança de transformar a realidade a sua volta, muitas pessoas se unem e arregaçam as mangas para dar vida a ONGs, fundações e outras instituições de interesse social. Porém muitas esbarram no despreparo e na falta de experiência e perdem boas oportunidades de captar recursos valiosos através das seleções públicas de projetos, que são abertas todos os anos, por grandes empresas de todo o brasil.
O Projeto Música Para Todos, é um exemplo de instituição que batalhou muito para conseguir grandes parceiros. Há 11 anos trabalhando na musicalização de crianças, jovens e adultos de forma gratuita, o projeto enfrentou muitas dificuldades no inicio, chegou a fechar as portas por falta de apoio. Hoje o gerente geral do projeto Luís Carlos de Sá Filho deixa claro, que participar de seleções como essas fazem toda a diferença.
Segundo o gerente, concorrer nas seleções se torna difícil pela pouca persistência das organizações e a falta de conhecimento “Nos inscrevemos 4 vezes em processos seletivos da Petrobrás, até sermos escolhidos, e situações semelhantes também ocorreram quando buscamos o apoio da Oi e do Instituto Votorantim, e preciso estar atento ao que é necessário, e com o tempo conseguimos nos adaptar a essas exigências”.
Hoje, interessada em distribuir de forma mais jutas os investimentos em organizações sociais, a Petrobrás criou caravanas, que irão percorrer todas as capitais brasileiras, explicando e treinando os possíveis participantes de seleções da empresa, como o Programa Petrobrás Desenvolvimento e Cidadania. A caravana chegará a Teresina no dia 22, apresentando o projeto e oferecendo um mini curso, no salão Nova York no Metropolitan hotel, aos interessados em participar da seleção.
Para Luís Sá, iniciativas como essa ajudam a impulsionar o número de projetos piauienses contemplados em seletivas nacionais, “hoje nós ficamos muito felizes por notamos um aumento no número de projetos piauienses selecionados, um exemplo é o grupo harém, com o festival de teatro lusófono que foi um dos selecionados pelo programa Oi futuro patrocínios culturais, e outros espalhados pela capital e interior do estado.” 
O programa destinará, por um período de dois anos, R$ 110 milhões a projetos sociais que promovam a transformação social e a redução das desigualdades nas comunidades mais excluídas do País. As inscrições estarão abertas até o dia 21 de maio de 2010. Poderão ser inscritos projetos que solicitem valor de patrocínio de até R$ 1.450.000,00 por biênio (24 meses), com possibilidade de renovação por igual período.