• Avenida Pedro Almeida, 145 - Teresina - PI, 64052-280
  • (86) 3233-9506 | 3232-3534 | 3133-6060 | 8858-3872
  • comjornalismo@icsrita.org.br
Em Notícias

Orquestra lota sala de apresentações

Na manhã do último sábado (30) a sala de apresentações Agostinho Pinto não suportou o público que foi assistir à apresentação da Orquestra Infanto Juvenil UFPI Para Todos. A apresentação fez parte da programação de encerramento do primeiro semestre do Música Para Todos que também contou com outras atividades.
A Orquestra apresentou sua performance em duas secções para que pudesse atender a demanda do público que esteve prestigiando o evento, e agradou a todos com peças clássicas, tradiconais e irreverentes, além de incluir em seu repertório músicas de Luiz Gonzaga, como uma forma de homenagea-lo pelo seu centenário.
A apresentação trouxe a todos peças executadas pelo grupos dos professores que fazem parte da parceria UFPI e Música Para Todos, a fim de mostrar o desempenho dos seus alunos, que aproveitaram a oportunidade para manifestar o que tem aprendido em sala.
A Orquestra Infanto Juvenil UFPI Para Todos surgiu de um projeto de extensão da Univresidade Federal do Piauí em parceria com o Música Para Todos com o objetivo de desenvolver por meio da música e do estudo de um instrumento, a capacidade crítica e criativa das crianças e jovens para que saibam se relacionar com o mundo. Em 2010 tornou-se um curso de extensão na UFPI, por iniciativa do professor Cássio Martins do Departamento de Música e Artes Visuais, sendo em 2011 cadastrado na PREX-UFPI como um Projeto de Extensão e contando com o apoio e incentivo da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários – PRAEC e o Instituto Cultural Santa Rita.
“O projeto, formado por 80 crianças e jovens, busca a primazia da construção ética e pedagógica da infância e da juventude, mediante a instrução e a prática orquestral. Através da música, crianças e jovens podem contribuir para o desenvolvimento social e urbano na medida em que ganham noções de responsabilidade, trabalho em equipe, respeito e disciplina e têm a oportunidade de se dedicar à música clássica e erudita com afinco” afirma Cássio Martins coordenador da Orquestra.