• Avenida Pedro Almeida, 145 - Teresina - PI, 64052-280
  • (86) 3233-9506 | 3232-3534 | 3133-6060 | 8858-3872
  • comjornalismo@icsrita.org.br
Em Notícias

Noite marcante na história do projeto música para todos

 

Didática, envolvente e marcante. Foi assim a apresentação da banda sinfônica de Teresina, realizada nesta quinta-feira, dia 14 de outubro no palco do Projeto Música Para Todos. Para um público formado por alunos, familiares, crianças e a comunidade em geral, a apresentação foi uma surpresa até para as pessoas que no momento passavam pelas proximidades do Projeto, ou se encontravam em uma sorveteria próxima. Com seus 58 músicos, a banda sinfônica encantou o público e ainda presenteou os participantes com explicações sobre sua história, o funcionamento, além de curiosidades sobre os instrumentos mais estranhos.

Os 58 músicos no palco do Projeto Música Para Todos estavam a caráter para o encontro de dois dos projetos ousados já realizados, voltados para a música e a cultura em nosso estado: a banda sinfônica e o Projeto Música Para Todos. A primeira, com seus já 42 anos de caminhada, se transformou nos últimos anos, passando de 14 componentes para os atuais 58. “A banda sinfônica de Teresina é um marco cultural de nossa cidade, que exigiu comprometimento da prefeitura de Teresina, e mobilizou investimentos de mais de R$ 1 milhão de reais para a aquisição de instrumentos. Nós vimos à transformação da antiga banda 16 de agosto, que continua a existir, em uma banda sinfônica, que encanta e emociona todos os públicos por onde passa”, diz o maestro Antônio Linhares, enquanto conta um pouco da trajetória e do trabalho árduo para a consolidação do sonho de se ter uma banda sinfônica em nossa cidade.

O maestro auxiliar, Josias, que regeu inicialmente a banda, explicou ao público a importância da banda sinfônica e o quanto ela se diferencia de uma orquestra. “A banda sinfônica é formada por instrumentos de sopro e percussão e se diferencia das orquestras pelo repertório mais variado e a ausência de instrumentos de corda, por mais que algumas bandas pela tradição espanhola tragam instrumentos deste tipo”, explica o auxiliar. Josias também explicou a formação da banda sinfônica e divisão dos músicos. “A banda é dividida entre as famílias dos metais, das madeiras e dos instrumentos de percussão”, esclarece.

Alberto Yuri, componente da banda sinfônica e ex-aluno do Projeto Música Para Todos apresentou para o público o instrumento Fagote. “O Fagote é um dos instrumentos mais estranhos e exóticos da banda sinfônica. Ele é da família do oboé, e foi inventado por um padre italiano para substituir o violoncelo que é um instrumento de orquestra sinfônica”, explana o ex-aluno sob os olhares atentos da platéia.

O ponto alto da apresentação foi a regência do maestro Antônio Linhares. Após contar um pouco da história da banda sinfônica e falar da contribuição que cada ex-prefeito de Teresina deu para que esse sonho fosse construído, o maestro anunciou sua possível aposentadoria nos próximos anos e que uma juventude promissora já esta se preparando para assumir seu lugar. “Desde o ex-prefeito Wall Ferraz, cada gestor de Teresina tem dado sua contribuição. Na antiga gestão de Sílvio Mendes, conseguimos adquirir os instrumentos necessários para a realização do projeto da banda sinfônica de Teresina”, relembra o maestro, dando como exemplo de instrumentos adquiridos o “corne inglês”, um instrumento de sopro, de valor aquisitivo alto. “Esse corne inglês custou cerca de R$13.000 reais”, disse o maestro, ilustrando com o instrumento o comprometimento do poder público para com a cultura de Teresina.

De crianças vindas dos bairros a jovens que passeavam nas proximidades do Projeto, a banda sinfônica e sua apresentação atraiu dezenas de pessoas. “Fico muito feliz com o público que está hoje aqui prestigiando a banda”, comemora Luís Carlos de Sá Filho, gerente geral do Projeto Música Para Todos, emocionado com o número de pessoas que estava prestigiando a apresentação. Luís Carlos falou também do retorno da parceria entre a Fundação Cultural Monsenhor Chaves, o Palácio da Música e o Projeto Música Para Todos. “Nós somos muito gratos pelo retorno dessa parceria, que tem muito o que contribuir para a nossa sociedade”, explica o também fundador do Projeto Música Para Todos, que há 11 anos atua em Teresina oferecendo cursos gratuitos de músicas com o patrocínio de grandes empresas nacionais como o Instituto Votorantim, a Oi e a Petrobrás.

Ao final da apresentação, executando a bela composição “Carruagem de Fogo”, o maestro felicitou o público e o Projeto Música Para Todos, anunciando que a parceria vai continuar com a vinda de músicos da banda para apresentações dentro do Projeto. “Logo virão clarinetistas da banda para uma apresentação para os alunos do Projeto Música Para Todos e outros instrumentistas virão, firmando mais ainda essa parceria”, antecipa o maestro Antônio Linhares, agradecendo o público pela presença e demonstrado toda a satisfação da banda pela bela apresentação da noite.

O gerente geral do Projeto Música Para Todos, Luís Carlos de Sá Filho, encerrou a noite contando um pouco do que virá para o ano de 2012. “No dia 22 de abril de 2012, nós convidamos a banda sinfônica, na pessoa do maestro Antônio Linhares, para a inauguração da nossa nova sede, que é um antigo sonho e trabalharemos para que em 2012 possamos dar mais um passo na construção desse sonho”, finaliza.