• Avenida Pedro Almeida, 145 - Teresina - PI, 64052-280
  • (86) 3233-9506 | 3232-3534 | 3133-6060 | 8858-3872
  • comjornalismo@icsrita.org.br
Em Notícias

Música Para Todos se prepara para o aniversário de 16 anos

Maio é mês de muita festa no Música Para Todos!  Há 16 anos, no ano de 1999 nasce a história e compromisso com a educação musical, marco no Piauí. O projeto realizado pelo Instituto Cultural Santa Rita já foi responsável por atender mais de 53 mil pessoas, tornando acessível o ensino musical, priorizando e dando oportunidade para aqueles que anseiam conquistar o espaço social por meio da arte da música.

A programação comemorativa dos 16 anos da nossa Instituição será espetacular!

Exposições, palestras, lançamentos de livros, a I Mostra de Talento e o Concerto da Orquestra Música Para Todos, prometem mobilizar todos os alunos, professores e comunidade em geral. O evento percorrerá a cidade, com apresentações externas. No dia 19 de maio, o Teatro 4 de Setembro, palco principal da cultura piauiense receberá os alunos da Orquestra Infanto Juvenil Música Para Todos. Já no dia 21, no Parque Potycabana acontecerá a I Mostra de Talentos.

A principal missão do Projeto Música Para Todos é dar oportunidade a crianças, jovens e adultos a desenvolverem uma educação musical levando sempre em consideração o princípio da sustentabilidade. Prova disso, são os diversos alunos, que iniciam seus estudos musicais na Instituição, vão em busca de uma qualificação maior, e se tornam professores do Projeto.

O Música Para Todos oferece, atualmente, ensino gratuito de música a 3 mil alunos, das mais diversas faixas etárias. Deste total, pouco mais de 1700 são crianças a partir de oito anos de idade, atendidas pela Iniciação Musical que chega tanto às Redes municipal quanto estadual de ensino.

Além disso, a Iniciação Musical através da Flauta Doce levada aos bairros de Teresina também chega a instituições como a Apae, Legião da Boa Vontade (LBV) e à Fundação Cultural Cristo Rei, marcando assim a parceria pulsante entre projetos sociais, e mostrando a preocupação com a transformação do nosso meio.

O interior do Piauí também conhece esse trabalho. Durante dois anos, 11 mil pessoas, de 20 cidades do piauienses tiveram a oportunidade, e foram beneficiadas com cursos de formação e capacitação no ensino da flauta doce. Foram elas: José de Freitas, Cabeceiras, Barras, Batalha, Porto, Campo Largo, São João do Arraial, Esperantina, Morro do Chapéu, Luzilândia, Joca Marques, Madeiro, Altos, Campo Maior, Nossa Senhora de Nazaré, Capitão de Campos, Piripiri, Brasileira e Piracuruca.

O Projeto divide o seu trabalho educacional em três modalidades de ensino: Cursos de Iniciação Musical, Cursos Livres e Curso Técnico em Instrumento Musical, além da Prática em Orquestra, onde encontram-se formadas a Orquestra Infanto-Juvenil e a Orquestra Jovem Música Para Todos.

Os cursos oferecidos na Instituição são diversos: teclado, piano, percussão, bateria, violão clássico, violão popular, contrabaixo elétrico, contrabaixo acústico, flauta doce, flauta transversal, violino, viola, violoncelo e técnica vocal. Essas são as paixões dos alunos e professores que se dedicam ao ensino da música, enquanto agente transformador.

“É um momento de consolidação do nosso trabalho. Vejo como mais um ano de vitória, em que permanecemos firmes diante de tantos desafios encontrados no estudo da música na nossa cidade. Estamos buscando afinar, ainda mais, a qualidade do ensino. Reciclando os professores, trabalhando o dinamismo dos alunos e contribuindo para a realização dos sonhos de muitos jovens”, declarou Luis Sá, gerente geral do Projeto Música Para Todos.

A fim de promover integração entre os alunos e possibilitar que mostrem os seus talentos realizam-se atividades como concursos, dentre eles, o de Intérpretes, de Música Autoral, Música Instrumental e de Grupos Musicais.

Outra marca do Projeto são os momentos de lazer e descontração, com eventos realizados semanalmente, como os recitais na Sala Agostinho Pinto, as Churrascadas Musicais que acontecem todo mês, a Pelada Musical também em atividade mensal, além de Festivais, como o Festival de Música Erudita e o Festival de Violões, já realizados em 2015 e que representam grande sucesso aos alunos e visitantes.

Mais que uma escola de Música, o Projeto é uma oficina do saber, onde se busca construir um ser humano mais responsável para a comunidade e para consigo mesmo, além de disseminar valores como compreensão, tolerância e igualdade, através do convívio benéfico e do aprendizado da música