• Avenida Pedro Almeida, 145 - Teresina - PI, 64052-280
  • (86) 3233-9506 | 3232-3534 | 3133-6060 | 8858-3872
  • comjornalismo@icsrita.org.br
Em Notícias

Música e poesia de Vinícius de Moraes serão exaltadas em Sarau Cultural

Alunos e professores do Música Para Todos preparam uma noite de grandes emoções, com destaque para o que o “poetinha” deixou de mais valioso. Vinícius de Moraes é dos mais fortes nomes da nossa música e poesia e será exaltado em Sarau Cultural, na próxima quinta-feira (29/10).

Batizado por Jom Jobim de “poetinha”, Vinícius de Moraes foi autor de canções como que marcam a Música Popular Brasileira, como ‘Chega de saudade’, ‘Garota de Ipanema’ e ‘Samba da Bênção’. Seus principais parceiros Toquinho, Baden Powell, João Gilberto, Chico Buarque e Carlos Lyra.

Admirado pelo corpo artístico e cultural brasileiro, sobre o poeta Vinicius de Moraes escreveu Carlos Drummond de Andrade: “Vinicius é o único poeta brasileiro que ousou viver sob o signo da paixão. Quer dizer, da poesia em estado natural. Eu queria ter sido Vinicius de Moraes”.

O professor de violão do Música Para Todos, José Brandão, que está à frente da produção do Sarau Cultural, é admirador da obra de Vinícius. “Em cada verso, cada poesia ou canção que ele fez nos toca de alguma forma. Exaltar esta importante riqueza da nossa música e literatura é algo muito valioso para o crescimento cultural de nossos alunos”, afirma.

Nascido no Rio de Janeiro em 19 de outubro de 1913, Vinicius de Moraes morreu na madrugada de 9 de julho de 1980, aos 67 anos, em decorrência de uma isquemia cerebral.

O Sarau Cultural acontece na quinta-feira (29/10), a partir das 18h45min, na Sala Agostinho Pinto, sede do Projeto Música Para Todos. O evento é aberto ao público e tem entrada gratuita. Participe!

O Grupo Cacique é patrocinador do Projeto Música Para Todos, realizado pelo Instituto Cultural Santa Rita.

FICHA TÉCNICA 

Amparo Pimentel – voz

Fernando Muniz – violão

Flávia Freitas – voz

Hélio Carvalho – voz e violão

José Brandão – voz, violão e produção

Ocimar Barbosa – recitação

Vitória Cristina – recitação

CARTAZ VINICIUS DE MORAES CURVADO