• Avenida Pedro Almeida, 145 - Teresina - PI, 64052-280
  • (86) 3233-9506 | 3232-3534 | 3133-6060 | 8858-3872
  • comjornalismo@icsrita.org.br
Em Notícias

Férias é tempo de ensaiar

 A busca pela perfeição faz com que aquela folguinha do mês de julho seja dispensável. Para os integrantes do Grupo “Bossa Nova para Todos”, do Projeto Música Para Todos, o tempo extra das férias das aulas é para ser gasto de uma forma diferente da convencional: é ensaiando que eles querem aproveitar.

 
Eles se reúnem semanalmente para repassar acordes, treinar arranjos e assim interpretar com perfeição os clássicos da Bossa Nova e da MPB. A decisão, segundo o líder e percussionista do Grupo, André Mota, não foi difícil e sim, conjunta. “Quando paramos de ensaiar, a qualidade das apresentações cai, então decidimos continuar vindo pra treinar sem nenhuma objeção”, justifica.
 
O Grupo “Bossa Nova para Todos” é composto por dez integrantes, que se dividem na bateria, percussão, violão, teclado, contrabaixo e vocais e está atualmente na sua quarta formação. A banda já se apresentou em vários municípios do Piauí e em grandes eventos culturais.
 
Agora, a preparação é para o Festival Canta Piauí, que acontece no município de Campo Maior no mês de agosto. O grande público esperado no evento é um dos motivos que levam a banda a ficar mais tempo na sala do Música para Todos. “Quando as aulas estavam acabando, nós nem sabíamos que o Projeto continuaria disponível para os alunos, foi o professor que comentou. O grupo pediu pra continuar vindo e desde então estamos aproveitando bem o tempo e o espaço livres”, conta o músico, que comemora o fato das salas acústicas ficarem disponíveis durante o tempo que o grupo precisar.
 
André Mota ressalta que a dedicação também é uma forma de retribuir toda a confiança que o Música para Todos deposita em cada um de seus alunos. “Tudo que eu sei em termos de música, aprendi aqui. Pretendo continuar no grupo e repassar isso aos outros”, antecipa.
 
Assim como o “Bossa para Todos”, os grupos “MPB para Todos”, “Pop para Todos” e “Gospel para Todos” também estão utilizando o tempo, espaços para ensaios e instrumentos em prol do aperfeiçoamento constante.