• Avenida Pedro Almeida, 145 - Teresina - PI, 64052-280
  • (86) 3233-9506 | 3232-3534 | 3133-6060 | 8858-3872
  • comjornalismo@icsrita.org.br
Em Notícias

Emanuel Nunes mostra talento em Recital no Música Para Todos

Na noite de ontem (23) o Projeto Música Para Todos recebeu o violonista e professor Emanuel Nunes para apresentar em um Recital. A apresentação encerrou uma série de eventos com ele e lotou a Sala Agostinho Pinto.
Aplausos! Muitos aplausos! O Recital com o professor Emanuel Nunes foi marcado por muita emoção tanto por parte dele, quanto do público que esteve muito atento a cada canção e a cada dedilhado. A apresentação deixou todos extasiados com a excelente performance do violonista piauiense que tem conquistado seu espaço depois muita dedicação aos estudos.

Já são mais de 20 anos desde o primeiro acorde. E de lá pra cá foram dedicados muitos dias e muitas horas de prática e estudo. “Eu comecei tocando de uma maneira informal, tão somente um apaixonado pela música brasileira. Um amigo me ensinou os primeiros os primeiros dedilhados canções e eu fui me envolvendo cada vez mais”, declarou Emanuel Nunes.
O violonista natural de Teresina é graduado em Educação Artística – Música pela Universidade Federal do Piauí e Mestre em Música pela Universidade Federal de Goiás. Como solista e camerista, apresentou-se em diversas cidades do Piauí e além de cidades como Brasília, Fortaleza, Goiânia, Maringá e Rio de Janeiro. Integrou o Quarteto Piau de Violões de 2006 a 2008, se apresentando em eventos como o SALIPI – Salão do Livro do Piauí – e Festival Internacional de Humor do Piauí. Emanuel Nunes foi premiado no IX Festival Dilermando Reis, em Guaratinguetá-SP, e no I Festival Nacional de Violão do Piauí – FENAVIPI, ambos em 2004.
“Dentro da busca pela formação temos a oportunidade de fazer cursos, palestras, conhecer os grandes músicos, grandes artistas que nos inspiram. Eu tive a oportunidade de participar de festivais, eventos, congressos ligados à música dentro e fora do estado. Com esse envolvimento profissional com a música eu vi a necessidade de seguir a formação e a carreira acadêmica”, afirmou o professor sobre sua formação acadêmica.
Emanuel Nunes tem trabalhos já lecionou Violão e Teoria Musical na Escola de Música de Teresina, no Projeto “Música Para Todos”, no Projeto “A Cara Alegre do Piauí”, no Projeto “Violão na Escola”, dentre outros. Em 2008 trabalhou como professor substituto no Curso de Educação Artística – Música na UFPI e atualmente é professor efetivo no curso de música do Instituto Federal de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Piauí (IFPI). “Os trabalhos de tocar dentro da formação de entretenimento com a música e principalmente ministrando aulas, sempre foi meu ofício”, pontuou ele.

Seu trabalho como compositor e arranjador está sendo reconhecido dentro e fora do estado, por exemplo, sua composição “Impressão nº 1” tem sido executada pelo violonista paulistano Gilson Antunes em festivais no Brasil, Estados Unidos e México. Emanuel Nunes pretende deixar o seu trabalho disponível para as gerações futuras. “O cuidado de fazer o registro desse material está sendo documentado principalmente para as gerações que seguem. Não faço referência à qualidade do trabalho, e sim que ele seja acessível para que as pessoas possam conhecer e fazer o seu julgamento crítico, sem nenhum problema. Eu tenho repassado meus arranjos para alguns amigos que testão com interesse em gravar, o que nos deixa muito feliz e interessado em continuar a produzir”, declarou Emanuel.
O violonista ministrou no Música Para Todos um Workshop em parceria com o Piauí Fest Music no dia 18 deste mês, e um Masterclass com alunos e professores do Projeto no dia 22. Ele que já foi professor do Projeto deixou uma mensagem aos alunos de música. “Temos que fazer as coisas com certa paixão. Eu não falo de sentimentalismo barato, mas, sim de fazer a coisa com um querer muito forte. Fazer música é dificil! Temos um prazer imenso em fazer música, mas você tem que estudar horas e horas pra chegar a um resultado artistico satisfatório, mas aquele resultado quando vem faz valer todo esforço”, pontuou o violonista.
Completou ainda, “você como musicista tem que mostrar que o seu trabalho é algo sério, que há um espaço profissional. A primiera atitude parte do próprio músico, que é estudar seriamente e engardecer o seu conhecimento. A música e muito bela, mas precisamos trabalhar praticar e buscar criar os espaços profissionais. Todos saem ganhando”, finalizou Emanuel Nunes.