• Avenida Pedro Almeida, 145 - Teresina - PI, 64052-280
  • (86) 3233-9506 | 3232-3534 | 3133-6060 | 8858-3872
  • comjornalismo@icsrita.org.br
Em Destaque,Notícias

DIA DO IDOSO RECEBE PROGRAMAÇÃO ESPECIAL DO PROJETO MÚSICA PARA TODOS

ve

Durante a semana que antecedeu o dia do idoso (01/10) e durante a semana seguinte a esse dia tão especial, foram e serão desenvolvidas, pela SEMCASPI (Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas), diversas atividades tendo como foco as pessoas da 3ª idade, mais conhecida como a Melhor Idade.

Mas para que a 3ª Idade se torne realmente essa Melhor Idade tão divulgada é necessário um cuidado especial para aqueles que foram, e continuam sendo, tão essenciais em nossas vidas. É necessário um olhar cuidadoso e uma perspectiva de estímulo para que essa parcela da população continue participando da sociedade de uma forma vibrante.

O Projeto Música Para Todos assiste crianças, jovens, adultos e idosos, e temos muita alegria em conviver com os alunos da 3ª idade. Diversas atividades que são realizadas pelo Projeto como: Recitais, Churrascada Musical, Semana das Artes Para Todos, Intervalo Musical, Semana Santa Cecília, entre outros, integram e procuram socializar todos os alunos da nossa instituição e tem sempre presença marcante dos nossos alunos da Melhor Idade!

Durante a próxima semana do Projeto Música Para Todos levará seus Grupos Musicais para alegrar e comemorar essa data tão significativa. Estaremos juntos na Casa Frederico Ozanan, Vila do Ancião e na Casa São José!

SAIBA MAIS SOBRE O BENEFÍCIO DA MÚSICA PARA OS IDOSOS

A música pode melhorar a qualidade de vida dos idosos e prevenir ou auxiliar o tratamento de doenças, comuns nessa faixa etária, e suas morbidades.

A música apresenta um papel importante como terapêutica multidisciplinar e na prevenção de diversas doenças comuns das pessoas idosas, principalmente HAS, Alzheimer, Parkinson, dor Musculoesquelética e Depressão, além de melhorar a qualidade de vida dos idosos de maneira geral. Por outro lado, essa é uma área ainda carente de pesquisas, embora a terapia através da música seja comprovadamente eficaz.

O conceito de saúde tem se tornado cada vez mais abrangente, levando em consideração não só a ausência das doenças, mas também a manutenção da qualidade de vida, a prevenção das doenças e a recuperação e reabilitação do paciente e da população. Com isso, há cada vez mais uma busca pelo bem-estar, levando o homem a se preocupar com fatores relacionados à saúde e doença, fato que tem propiciado uma grande quantidade de pesquisas que trazem inovações quanto as práticas que possam gerar melhor qualidade à saúde da população.

Assim, houve o surgimento das terapias complementares, como a musicoterapia, que pode agir tanto no aspecto de prevenção de doenças, quanto no tratamento ou cura das mesmas. A preocupação como fator saúde-doença existe desde a antiguidade. Hipócrates, pai da medicina, considerava que o estado de saúde dependia da harmonia do homem com a natureza, além disso, o médico Esculápio e os filósofos Platão e Aristóteles, julgavam a música como um benefício para a mente.

Atualmente a expectativa de vida das diversas populações tem aumentado cada vez mais em diversas regiões do planeta. Além disso, a taxa de fecundidade tem diminuído em muitos países, aumentando significativamente a população idosa. A população brasileira vem acompanhando essa tendência, crescendo nas últimas décadas, enquanto ocorre a diminuição da taxa de fecundidade (World, 1998; Kalache,1987).

Com a tendência à inversão da pirâmide etária, ocorre também um aumento na incidência e na prevalência de determinadas enfermidades características dessa população ou mais comuns nela. Dentre elas, podemos ressaltar a Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), juntamente com suas complicações; doença de Parkinson; doença de Alzheimer; acidentes vasculares encefálicos; depressão; dores musculoesqueléticas, entre tantas outras.

Assim, o perfil de cuidado e de políticas de saúde tem direcionado atenção especial para essa população. Dentre essas políticas, uma das principais é a preservação da qualidade de vida, através de estratégias que incluam os idosos na sociedade de maneira ativa. Dessa forma, busca-se também a prevenção de doenças emocionais, como depressão que ocorre com frequência devido ao isolamento, sentimento de inutilidade no meio em que vive.

Contudo, podemos afirmar que é de grande importância a conscientização sobre a eficácia da musicoterapia como forma de prevenção, reabilitação e cura das doenças. É importante que a sociedade reconheça que o idoso necessita de intervenções que possibilitam melhor qualidade de vida.

ER7_RE_JR_DIA_DO_IDOSO_570kbps_2013-10-01bf56b028-b243-4be5-8ccf-3824b6f871e8-thumb

Sobre o Projeto Música Para Todos – Realizado pelo Instituto Cultural Santa Rita, o Projeto Música Para Todos foi criado em Teresina (PI), em 1999, e oferece atualmente Cursos Livres, Iniciação Musical e Prática em Orquestra, para milhares de crianças, jovens, adultos e idosos. A Instituição tem por objetivo transformar vidas através da música e da arte. Já foram beneficiados com a iniciativa mais de 38 mil alunos tanto na capital como no interior do estado.

Apoio Cultural – Em 2017, o Projeto Música Para Todos completa 18 anos e orgulha-se em receber Apoio Cultural do INSTITUTO VOTORANTIM e Patrocínio do ARMAZÉM PARAÍBA, PINTOS, FERRO NORTE, E CONSELHO NACIONAL DO SESI, empresas que acreditam no poder transformador da arte e da cultura.