• Avenida Pedro Almeida, 145 - Teresina - PI, 64052-280
  • (86) 3233-9506 | 3232-3534 | 3133-6060 | 8858-3872
  • comjornalismo@icsrita.org.br
Em Imprensa

Ciro recebe diretor do projeto Música para Todos de Teresina

A música vai entrar nas escolas de todo o país no próximo ano. Lei aprovada em 2008 estabelece que a disciplina será obrigatória na grade curricular dos ensinos fundamental e médio a partir do ano que vem. A formação de professores para o ensino de música será um desafio, pois faltam profissionais capacitados com formação específica.

Desde 1999, o projeto Música para Todos, de Teresina, ensina alunos de todas as idades. Atualmente, são 3.500 alunos, distribuídos em três turnos. Da iniciação musical com aulas de canto e flauta doce, aos mais diversos cursos livres, a instituição ampliou seu alcance e hoje também forma professores de música.

O idealizador e diretor do projeto, Luis Sá, esteve com o senador Ciro Nogueira (PP-PI) nesta quinta-feira (10) para pedir apoio para ampliação do Música para Todos.

“Precisamos de mais recursos para custear projetos paralelos – como a capacitação de professores de música no interior do estado. Apesar de não sermos um curso profissionalizante; em parceria com a Universidade do Piauí e o Instituto Federal do Piauí, ajudamos aqueles que têm talento e desejam seguir a profissão de músico ou professor”, explicou.

Segundo Luis, 70% dos alunos são carentes com renda familiar de apenas um salário mínimo.  Ele explica que a instituição não cobra nada dos alunos e se mantém com incentivos recebidos por meio da Lei Rouanet, da Petrobras e do grupo Votorantim. No entanto, esses recursos não são suficientes para atender a todos que procuram por uma vaga, nem para suprir todas as demandas.

Incentivador da educação e conhecedor do projeto, o qual visitou em março deste ano, o senador Ciro conversou com o diretor sobre possibilidades de auxílio ao projeto e fez elogios à iniciativa.

“São mais de 3.000 alunos atendidos. Além da educação musical, o projeto ainda preenche o espaço na vida desses jovens que poderia talvez ser ocupado pela violência caso eles não estivessem lá.  É, sem dúvida, uma iniciativa louvável”, afirmou o senador.
 

Fonte: www.cironogueira.com.br